PEQUENA FRESTA

O portal se move abrindo uma pequena fresta...
De tão singela a paisagem parece estranhamente bucólica!
Pequenos raios entram como promessas vivas e absurdamente vibrantes. Isto é o que há do outro lado do portal? É preciso uma travessia que seja capaz de transpor toda uma vida de enganos. É preciso corrigir as velas e as rotas da intuição. É preciso cuidado e delicadeza para entrar neste cenário.
Que o Divino, que dizem morar em meu ser, me oriente, me ilumine e me faça fazer a coisa certa.
Que o bem faça alarde, que o sonho se concretize, que a fé se renove. Glaucia, 7/7/13

Postagens mais visitadas