quinta-feira, 30 de maio de 2013

SONHO

http://eternoimortal.blogspot.com.br
É mais sonho
menos palavras
mais fantástico e menos descrito
mais etéreo e menos concreto

O SONHO

Descansar da alma em dimensões desconhecidas
Eldorado de desejos a fenecer lutas internas
Presente encerrado no tempo
Ou apenas infinito de vontades amanhecidas
O sonho é o romper das lutas interiores
Combustível da esperança nascida no passado
É persistência na honra de acordos
Manifestação, cura ou alivio de dores.
O sonho é parte de fantástica ação
Em ínfimas e intimas partes incompreensíveis
É a completude do não ser
Inteira e integralmente a própria ilusão
Glaucia

quarta-feira, 29 de maio de 2013

TRANSIÇÃO DA ESPERANÇA

http://www.dm.com.br/texto/117070
Penso que esta "guerra" é apenas a ponta do iceberg. Por baixo, temos um povo sem norte, sem guerras para lutar, usurpados em seus bolsos, bombardeados por ofertas que não podem consumir. 
O supermercado está pelo menos 30% mais caro que no final do ano e está muito longe a oportunidade de nossos ganhos alcançarem o avanço dos preços. Em Goiás, ouvimos Glória Pires falar dos projetos maravilhosos de nosso governo, mas a verdade é que a saúde está falida, as escolas não dão conta da demanda, os professores, não têm condições de acompanhar a tecnologia para apoiar o aprendizado dos alunos. A segurança está corrompida e quem devia nos proteger, matam nossos jovens.
E a mídia, nos presenteia com programas vazios... Na internet a mistura de pessoas reverenciando a marcha da maconha.
E eu aqui, como tantas outras pessoas, acreditando em uma sociedade melhor... Creio firmemente que estamos vivendo uma transição. Nossa sociedade esta se transformando, pois a organização é inerente ao caos.
O desafio é manter a esperança, educarmos nossos filhos para uma sociedade melhor, rápida e acelerada e que consiga conciliar o bem e o mal com sabedoria de quem já viveu.

domingo, 26 de maio de 2013

MUDANÇAS

Mudanças
De todo jeito
De todas as cores
De todas as formas
Resistentes
Renitentes
Drásticas
Graduais
Mudanças 
Mágicas
Simpáticas 
Atuais
Vamos?

QUE VÁ PENSANDO NA VOLTA

Si e eu no Don Guina - 25/05/13
Quando as estrelas se encontram lá no céu, lá, além do horizonte, elas se conversam e combinam encontros entre si. Fazem planos e desenham trajetos.  Daí sai cada qual para sua jornada, atrás de cumprirem suas tarefas de iluminarem este ou aquele céu de outrem. Mas um dia podem se esbarrar novamente, e como se nunca tivessem se separado, se festejam e se brilham para novamente se separarem na espera do novo encontro. Que assim seja.
Homenagem à minha querida Simone. Volte logo. #saudade

By Glaucia

AURORA

tarde de domingo - st sul
Uma silenciosa tarde de domingo pode fazer muito barulho. Iniciam-se novas paixões que não tem nada de novo a não ser a própria esperança que se renova. 
Conquistas ardentes esperam serem vencidas, como presa pronta ao abate. Entrega-se por vontade ou sob a força do guerreiro, líder de novas batalhas, forte como o vento, suave como a brisa. 
Deita-te guerreiro, em sua glória antecipada ao som dos periquitos verdes da praça ao lado, como o rei que goza o seu reinado!  Pequeno êxtase de poder compondo o universo inteiro de verdades ocultas sob o poente. Aguarda (guarda) sofregamente sua aurora! By G.R.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

SOMBRAS E LUZ


Um ciclo se fecha "quando o que mais queria, era provar pra todo mundo que não precisava provar nada pra ninguém"...Quantos enganos, bolas fora, tiro n'água em nome de uma nova ordem das coisas.
Eterna ânsia a mapear possibilidades, freneticamente em busca do prazer que Deus nos dera. Quanta dores e decepções...! Em função de pérolas aos porcos, quanta desilusão! Expectativas de mentes sonhadoras, aspirando dias melhores. Pois que a  vitória é o porvir e se revela diretamente da penumbra ao sol. Traz a luz para os corpos anêmicos e  sombras outras para corações cansados.
By Glaucia Ribeiro

domingo, 19 de maio de 2013

O RANGER DAS DOBRADIÇAS

Ferrugem velha que se dissolve,
Fica nas mãos o vazio.
Ouçam o ranger das dobradiças ou dobraduras!
Não posso saber
Ficam as portas abertas ou fechadas?
Fatos insólitos lavam, lubrificam
Abram-se as portas!
In portas?
Importas?
Importa,
Portas abertas
Dissolvam em mim ferrugens,
Velhas
Glaucia, 16 de maio de 2013
Para minha amiga Socorro, uma de suas favoritas.

VIVENDO & APRENDENDO

Aprendi algumas coisas, outras confirmei e outras deletei nos últimos dias:

1) Realmente não podemos julgar pessoas com um valor a mais do que são. Importante conhece-las para não se enganar.
2) Se damos um valor maior a uma pessoa que não o possui, e se quem atribui é de valor, este indivíduo tende a se esforçar para ser melhor e garantir a posição.
3) Pessoas com altíssimo valor tendem a ser mais arrogantes, apresentando comportamento de soberba, mesmo não sendo esta a intenção.
4) Se olharmos bem, pessoas aparentemente soberbas podem ser doces, gentis e ingênuas.

Olhando de todos os lados, como a apreciar um caleidoscópio, o sim, o não, o feio e o bonito, o bem e o mau, estão sincronizados em um todo de cores e imagens que só podem ser registradas por olhos atentos e esforçados contra o preconceito. Fica a dica.

terça-feira, 14 de maio de 2013

POETIZAR


Poesia é  a imagem dos olhos de quem sonha.
É o sonho de quem vê, a força de quem espera, o alento de quem ama.
Poesia ultrapassa os olhos do corpo para fazer desordens na alma
Poesia e isto, aquilo de Leminski ou a oração de Marcelo.
Sou eu e você, minha rua iluminada, a chuva e o sol.
Poesia é coração batendo no peito,  sangue latejando nas têmporas, fogo queimando por dentro.
É orvalho pela manhã, é lua de dia, por do sol todo dia, beijo de mãe na hora do sono, beijo no portão antes do trabalho.
Poesia é coragem de despir o preconceito, desafiar o próprio peito ao suspiro mais profundo.
É o mergulho no rio, o embrenhar-se no mato, desafiar o corpo e viver como se já fosse hoje!
HOMENAGEM A UM AMIGO QUE NÃO SABE FAZER POESIA, PORQUE JÁ É A PRÓPRIA .
Glaucia Ribeiro , maio 2013

domingo, 12 de maio de 2013

AMOR EM TABLADOS


Um amigo me disse que existem muitos tipos de amores. Além de amores por seres diferentes, existem os amores por gente em diferentes formas. (Acreditei, mas ando de “orelhas em pé” no caso deste último.)
Uma coisa é certa, existem níveis, ou status de amor. Como se em diversos tablados ficassem os amores em série. Não por categoria, não. Por série. 

Tablado 18: amores por quem morro; Tablado 01: amores por quem sofro; Tablado 5: Amores de quem fujo; e assim por diante.

Não há nenhum mais importante que o outro. E absolutamente nenhum pode ser descartado, retirado da coleção, destacado de seu nicho sem um acordo interno apropriado.  O amor de um tablado pode se mudar para outro tablado, mas nunca vai para o lixo, pois, como li hoje no blog do Viva Gato  http://blogvivagato.blogspot.com.br/, "O amor que você dedica aos outros, seja animal ou humano, é parte de você, você não abandonaria partes suas na primeira dificuldade. Você não mudaria de idéia sobre a sua própria importância. Stella Dalcin",

Esta mensagem portanto vem corroborar minha reflexão: amor é amor de qualquer jeito, só se diferencia por tablados.
Glaucia, 12 de maio de 2013


segunda-feira, 6 de maio de 2013

VELHO PAPO CABEÇA SOBRE LIBERDADE

Um blá blá por aí me fez resgatar este velho papo! Andei escrevendo por aqui (http://glauciaparreira.blogspot.com.br/2012/11/anseio-de-liberdade.html)  um dia destes e agora rememoro com prazer  compartilhando aqui com meus leitores. A propósito, estou FELIZ em saber que tenho amigos na Alemanha, nos EUA  em Portugal me seguindo. Como é linda a tecnologia! Gostaria muito de conhece-los. SEJAM BEM VINDOS!

Liberdade é a capacidade de usar que o mundo nos oferta para nosso próprio bem, respeitando limites, credos, crenças e raças. Liberdade é ter a coragem de pensar, de viver no presente, de estar onde sinta-se livre. Liberdade é crer na própria capacidade de mudar o que não lhe convém e apesar de tudo sentir os pés no chão em uma terra de valores tão deturpados. Liberdade e poder proclamar o bem, a justiça sobretudo respeitar nosso próprio corpo e respeitar as formas de ser e de viver de outras pessoas. Liberdade é um estado de espírito, disse alguém... Liberdade é filosofar, fazer poesia, amar sem olhar para trás.
Refletindo ainda agora, LIBERDADE É MATURIDADE. Pagamos caro pela maturidade. Esta cruel fase da vida, que nos liberta e aprisiona de e em nós mesmos, mas também nos dá o conforto de saber que estamos cada vez mais próximos de nossa missão. 

Em sala de aula, choramos (acho que choramos é muita gente. Quem chorou fui eu, eu mesma e irene) ao estudar Sartre. Chorei frente a constatação da verdade que naquele momento cri: "Em Sartre, temos a ideia de liberdade como uma pena, por assim dizer. "O homem está condenado a ser livre".
E assim, conforme vamos amadurecendo, vamos descobrindo os valores mais profundos da vida que de longe é a falsa liberdade pregada por ai (fazer o que quer, como quer, na hora que quer). 
Vamos descobrindo que : 
LIBERDADE É SEGURANÇA, AUTO- CONFIANÇA
E PARA MIM QUE TRABALHO HA TANTOS ANOS AJUDANDO AS PESSOAS A COSEGUIREM UM CARREIRA MELHOR PARA SUAS VIDAS... LIBERDADE É CONDIÇÃO.
glaucia, maio de 2013

domingo, 5 de maio de 2013

UM SORRISO


Perco-me em seu sorriso
Integrado em metades  incompletas de mim
Luz da alma expressa pela boca e pelos olhos
Enfeitiça-me os sonhos inacabados de mim
Doce como brisa a beijar-me as esperanças
Encontro-me horizonte sereno, vulcão dentro de mim.
Glaucia Ribeiro

quinta-feira, 2 de maio de 2013

LUA


Este versinho marca um divisor de águas. Águas profundas, de um azul quase negro, calmas e principalmente mornas.

Quero navegar nestas águas, sob o luar amarelado sentindo o cheiro do jasmim no jardim da quase solidão.

MINHA SACADA - LUAR - 01 DE MAIO/201
Lua, testemunha do silêncio e do êxtase. Lua, metade lua, metade sua, metade crua, metade nao sei que, ou aonde. Lua lá, cercada de estrelas e esperanças, guarda-me os segredos do dezoito. Dezoito contos, dezoito pontos, dezoito sonhos .
By Glaucia Ribeiro

BERÇO AZUL

És a minha alegria, Na simplicidade infantil de minhas crianças És me esperança e inteireza Em seu solo macio sou vida Em seu ar desaf...