domingo, 29 de janeiro de 2017

ORIGENS

ORIGENS

Eduardo Marinho - aquarelado
É  de raça
De cor
É favo de mel
Sabor de dezembro
Quase verão.
É de berço
De fome
É áspero cascalho
Leito de rio
Quase mar
É de som
De dom
Liguas velozes
Ventania de tempestade
Quase fogo
É de origem
É de ser
É de raiz

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

PARÓDIA - LUTA

"sou faca de ponta".
Não sou frágil,
não sou baixinha invocada
Não minto e não finjo para ganhar afagos.
Só sou doce quando amo mas não aceito mentiras nem meias verdades.
Estou pronta para jornada
Pronta para amar
E por tudo isto " quero respeito"

E desejo também admiração e verdade.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

CORAÇÃO RUBRO

Eu quis o coração rubro sangue em sangrias embriagadas
Quis o peito em sal, sol e sombras uivantes
O perfume de gente viva na lida e
toda a ventania de um parque em deserto
Quis o desterro de um desatino de desconcerto
A ilusão alucinógena da verdade feito agulhas doidas e cerradas.
Eu quis o vermelho lacinante manchado de negro
A loucura fanática na paz de uma mata
Eu quis o som de uma risada sonora e a
força de um canto sagrado. 
 

Eu te ouvi pela manhã  Ouvi sua força e sua fé Manhã de céu azul veludo São tantos pontos Tantos lamentos São sons e dons Em alças de te...