segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

PRECE AO FUTURO



Senhor, 
Quero pedir lhe em prece que tome conta de meus caminhos. 
Que seus anjos segurem firme a minhas mãos, pois ela teima em sair da rota quando me afundo em algum buraco.
Peço misericórdioso apoio para conseguir passar pelas lutas que eu mesma inventei para mim.  Solicito encarecidamente que seus anjos tenham clemência de minha ignorância e imaturidade.
Humildemente, oh Deus, peço luz para meus pés, que eu possa seguir meus desígnios com confiança e sabedoria no cultivo da paciência.
Que eu me mantenha na estrada do bem, da evolução e que eu possa cumprir com meus compromissos com dignidade, dando exemplo e testemunho de sua bondade e humanidade.
Que eu saiba agradecer mais do que pedir, que eu saiba tolerar mais do que agir, que eu possa refletir mais do que falar.
Que minha vida seja mais paz do que guerra, que seja mais vitórias do que batalhas, que seja mais bolo de cenoura com chocolate do que fome.
Querido Pai, que o amanhã seja de um perfume mais marcante do que o rubro provocado pelos espinhos e que o sangue e o suor sejam de raça mais do que de dor.
Que eu seja testemunho da esperança, pois esta é a única existência perene:
A ESPERANÇA
G.R.

sábado, 29 de dezembro de 2012

FÁBRICA DE ILUSÃO




Fecham-se as fábricas de ilusão

Deus nos presenteia com a sabedoria para conduzir a razão

Fecham-se os portões  dos enganos quando a razão nos conquista o paladar, 
a visão e  própria emoção

Fecham-se portas sombrias dando lugar a esperança, bálsamo do sofredor, do amor e da paz interior

Encerrem-se  Angústias pelo amanhã, que a confiança e a fé tomem seus postos de trabalho

Tranquem-se  as portas do velho para que se abra a renovação

Novas vidas, novas promessas, novas alegrias e novas tristezas.

 Cerram-se as máquinas da fábrica de ilusões, as luz se apaga, o silêncio ecoa, fica o pó, apenas o pó. A  alma vagando e a solidão e o silêncio... Cerram-se as portas...
GR

FELIZ ANO NOVO- VENHA 2013





Que este ano possamos colocar todos os nossos planos em ação, que possamos investir no que realmente valha a pena na vida pessoal e profissional. Para quem ainda não descobriu seu caminho de felicidade (sim, não existe felicidade plena, só caminho) é uma excelente oportunidade de realizar uma avaliação e um bom plano de metas.

Sugestão: sonhe, antes de tudo, sonhe. Depois, liste tudo que possui de positivo para colocar seu sonho em ação e se faltar alguma coisa, corra em busca. O mais importante é que seu sonho esteja combinado e alinhado com as coisas que realmente fazem sentido para você. Que aquilo que te arranca “uaus” esteja no caminho do sonho, pois assim, mais do que sonhar você estará vivendo.

Outra dica é, não se angustie com metas. Elas devem ser exequíveis e se você é o gestor delas, pode mudá-las, negociá-las com você mesmo. O importante é que seja feliz, que as metas te façam feliz, que sejam naturalmente atingíveis.Apenas viva suas metas, uma a uma, com ética, gentileza e humildade de aprendiz. Importante é que possa crescer do seu jeito, da forma em que é capaz e que use seu potencial em potência máxima com coragem e entrega.

Depois disso, não haverá o depois, será assim, apenas o melhor em sua profissão, o melhor em seus sonhos e o melhor que se pode ser.

Que 2013 lhe traga as sementes, a terra fecundada, o broto, a árvore e o fruto do que plantares para o futuro. O futuro é sempre hoje.

Glaucia Ribeiro

Psicóloga, Coach, Gerente de Operação do Grupo Empreza Recursos Humanos

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

A QUASE “MENINA DA PONTE” QUE MORA EM MIM



Fui  a garota do cabelo desgrenhado, da roça e das bonecas de pano.

Fui a mulher das curvas intempestivas, das lutas, das louças, da pia.

Fui a sabida da internet, que engole e vomita informações.

Ou apenas a poetisa, sensível, que deseja o  abraçar-te em votos de melhor ano vindouro.

Fui  ainda aquela que não se importa com as aventuras funestas, 
loucas e improvisadas ou com as paixões do corpo.

Aquela que jurara apenas o amor do coração, o que para sempre levará e honrará ainda que agora zangada, de espírito e orgulho feridos.

Fui a garota desgrenhada, da roça, que  não desejara a aliança material, mas amara o espírito que lhe põe a chorar em versos e trovas.

A garota da boneca de pano, do perdão pela ignorância, se piegas ou vulgar pareça.

Para a mulher das curvas intempestivas, que ainda o sou, apenas as perdas.

Uma pena de perda...

Uma pena...

Uma perda...

Fui a mulher das curvas intempestivas que amou o espírito, 
em versos e trovas, que de tão seu vai-se ao vento.

Espírito em trovas e versos, tão do vento que se vai com o universo.

Infinito universo.
By G.R.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

SENHOR PIEDADE




Tudo vai ser diferente?
Ilusões  futilidades, banalidades e coisas menores!
Tu olvidas  o futuro e  outros destinos! Caminhos mais belos e floridos
Dias de relações efêmeras e virtuais!
Onde está o amor? Onde está a ética?
Aonde se esconde  o amor próprio?
Dias que transformam homens em ratos acuados
Dias de lágrimas secas e dores invisíveis!
Que Deus tenha piedade de nós
Como diz o poeta:
“Vamos pedir piedade, Senhor Piedade”
“Pra quem não sabe amar
Fica esperando
Alguém que caiba no seu sonho
Como varizes que vão aumentando
Como insetos em volta da lâmpada”
Piedade para quem fala de amores, flores e vive cego de espinhos.
QUE VENHA 2013
G.R.

BERÇO AZUL

És a minha alegria, Na simplicidade infantil de minhas crianças És me esperança e inteireza Em seu solo macio sou vida Em seu ar desaf...