domingo, 14 de julho de 2013

DESPEDIDA

É chegada a hora
O desencanto é inevitável  sob a batalha .
Prepara se  guerreiro para o  luto!
Morre em si   na ilusão que te fez
doce, louca e viciante (ilusão)?
Ilusão  disfarçada e tonificada  de poesia delirante.
Deita lhe  dor que aperta o peito em saudade adiada para sempre
o futuro, invisível espera, incerto e promissor .

Eu te ouvi pela manhã  Ouvi sua força e sua fé Manhã de céu azul veludo São tantos pontos Tantos lamentos São sons e dons Em alças de te...