sexta-feira, 25 de novembro de 2016

AREIA


Vai se a esperança pela porta em que entraste
Como uma brisa forte trouxe a coragem e cessou as dores por instantes
Pela manha escorrega pelos dedos em brumas de sonhos e quimeras
Como areia fina e solta antes que pudesse sedimentar na palma da mão, volta ao mar por novos recomeços.
By GR

Eu te ouvi pela manhã  Ouvi sua força e sua fé Manhã de céu azul veludo São tantos pontos Tantos lamentos São sons e dons Em alças de te...