domingo, 3 de março de 2013

A ESPERA



 Não existe o fim.
O rio corre para sempre
Apenas se transforma em mar, chuva e mar.
Não há começo.
Tudo é circular, vai,volta.
Apenas coisas acontecerem.

Se entregue ao sonho
Acalente no coração, tudo mais será destinado
Ame, espere, ore, contemple a natureza,
Veja o sol que se põe, 
Ouça o som dos pássaros, 
Feche os olhos, espere
Enquanto espera...

Experimente sentir o sangue nas próprias veias, 
Os movimentos de seus órgãos internos
Os milagres de Deus.

Não precipite, não atravesse, não coloque a mão na cobertura do bolo antes da hora de comer.

Eu te ouvi pela manhã  Ouvi sua força e sua fé Manhã de céu azul veludo São tantos pontos Tantos lamentos São sons e dons Em alças de te...