PRIMEIRO DIPLOMA


Rumo ao primeiro ano. Os dentes não são mais os mesmos literalmente. A inocência ganha cara de sapequice querendo entrar na puberdade precocemente. Uma professora vai, vem outra (Eles não têm mais curvinhas, estão esticados, compridos, têm vontade própria) e nós, papai e mamãe lá chorando atoa, tirando foto de tudo, abraçando professoras que vão e fantasiando professora que vem.
Estamos nos graduando. É o primeiro diploma dele e mais um “sem fim” de medos, preocupações e anseios. É uma professora parafraseando Drumond, que alerta e alegra o porvir cheio de esperanças de que tudo seja ainda melhor. Temos uma nova chance.
Deixe prá lá as diferenças, deixe a mediocridades, deixe as ilusões... “Deixa de bobagem”, vem prá cá, vem dançar. Eles são os mais importantes e nós, as mulheres, mães, batalhadoras e solitárias somos o sonho deles que para sempre ocupam todos os vazios. São os diplomas de nossa vida. Nos graduamos mais uma vez vencedoras do futuro.
by mãe G.R.

Postagens mais visitadas