MORTE E VIDA

Tens o medo do escuro
Tens o cheiro e o gosto da morte.
Faz frio....
Faz o desejo de que tudo seja apagado.
O escuro que pode apagar  as dores?
Tens em si o medo da morte.
Doce morte da vida, da coragem, da verdade dividida.
Viva a morte das dores, de amores e  senhores!
Viva o apagar da noite, a  escuridão dos anseios,
Viva a tela azul, a luz rósea,  o calor!
Que o medo seja saudade do que foi bom
Que a morte travessia de ilusão
A noite...ah a noite.
Que seja descanso, sonho de liberdade.
Glaucia Ribeiro

Postagens mais visitadas