segunda-feira, 29 de abril de 2013

JANELA DA ESPERANÇA

Simone Lala - uma janela em Cuiabá

Ver os dias e passar
Comover os dias,
Como veros dias
Como vento a mover o relógio do tempo

Sonho solto, despenteado
Que seja fé, que seja paz
Se não,  arrogância sem fé

Espera da esperança
Vendo o tempo passar
Harmonia divina, acenando coragem.

Tempo  em cores brilhantes,
Esmaecidas no coração de espera
Espera sob uma janela
De vida, de portal, de tempo.

By Glaucia Ribeiro

Eu te ouvi pela manhã  Ouvi sua força e sua fé Manhã de céu azul veludo São tantos pontos Tantos lamentos São sons e dons Em alças de te...