INSPIRADA PELA ESPERANÇA

 
EM CONJUNTO ME FAÇO, ME DESFAÇO E RECOMEÇO
EM CONTRADIÇÕES, TRADIÇÕES E ESPERANÇA
 By Glaucia Ribeiro 


ASSINATURA 
Me conduz, 
Em ti navego, 
Como vela ao vento. 
Me leva, 
Leve como pluma 
Solta-me como pena no ar 
Entoa-me, destoa-me 
Como copo d’água que jorra em boca sedenta 
Como patinar no gelo 
Como cochilar sábado a tarde 
Deve ser que te li.





 
FIEL ESCUDEIRA 
Assim sou eu... 
Leal e seguidora Se me ponho joelhos é pelo simples prazer de fazê-lo: o prazer 
Sua vontade é minha vontade 
Sua fome, minha fraqueza e sua angústia... esta minha solidão! 
Ou esta minha coragem que me leva em brancas nuvens de paz 
Expectadora de sua liberdade de alma é festa! 
Diante de sua alegria, minha sublime felicidade. 
Sou assim, sua fiel escudeira! 
Como soldado a postos em honra e glória 
Onde estiveres lá estarei de alma lavada e coração em punho 





ALTRUÍSTA 
O amor é leve e doce 
Se expressa na pureza Não combina com depressão 
Nem com angústia 
Nem com medo 
Amor não combina com tristeza 
Mas também não combina com fanfarrices e aventuras 
Não combina com diversões funestas 
Não é possível sentir amor e sambar ao mesmo tempo 
Amor ao samba se expressa com os pés e joelhos Amor ao ser com o coração e a alma 
Amor é liberdade e paz 
É segurança e paciência para esperar o acontecer  

Postagens mais visitadas