TIPO NARCISO




Confesso, não o reconheço
(Ou a mim mesma)
São inúmeras formas de se conhecer alguém
Descobrimos de que fruta gosta, que comidas prefere
O doce e o amargo
(de sua boca, de sua fala ou de sua alma),
Entendemos suas preferências na intimidade
(também, se doces ou amargas ),
Qual é seu sabor ou o seu sabor, ou o seu,
A textura da pele, a cor, o tom, o dom, da cor, o jeito de olhar,
(meio vesgo, meio torto), 
O tom de voz,
Identificamos o cheiro mesmo quando ausente
Ou quando se ouve a  música que curti
O que faz em suas horas de folga
Quem é o amigo para este ou aquele assunto
(Se ontem, se hoje ou se sempre)
Sobretudo, acompanhamos a  história,
Suas conquista e derrotas,
E então nos apaixonamos por um absoluto desconhecido
Um personagem saído do próprio imaginário
 Uma paixão por si própria - narcisico, puro, simples, fantástico.
By Glaucia - diante do desconhecido

Postagens mais visitadas