ANOS E PANOS


Tantos sonhos,  anos, panos,
cortinas envelhecidas,
lençóis amarelados pelo tempo.
Vida em câmera lenta,  feito brisa morna em noite quente.
Tardes lentas e só o barulho dos pensamentos ocupam o ambiente.
O pensamento grita pela continuidade, pela  denúncia e pela renúncia.
Ago2013

Postagens mais visitadas