QUE ASSIM SEJA

Que a vida seja leve como a nuvem, doce como um cajuzinho do cerrado, verde, da cor de seus olhos.
Que  seja verdade,  pura a alma, de nós, por nós.
Que a espera seja curta no prazer do encontro,  sejam quentes os abraços,  os braços se percam no espaço.
Que o passo vá além do cansaço e o olhos fiquem abertos às cores de  vida nova.
Que sejamos a descoberta, os sentidos e o resgate de emoções infantis perdidas.
Que sua mente,  aberta renove sua sabedoria.
Que a alma seja sonho em quintal com pé de manga,
Que seja leve, a nuvem, como o doce de seu dom.
by G.R.

Postagens mais visitadas