LIMÃO TAITI

Eu quero a rua de seus olhos,
a linha dos seus sonhos
a métrica de suas fantasias.
Quero gostar de tanto desgosto,
ou apenas sentir um gosto,
assim meio ácido,
limão china ou taiti.

Quero andar pelos caminhos da inocência,
viver a vida dos devassos e
ao final do dia voltar para casa embebido na saudade do depois.
Eu quero a loucura de seus devaneios,
as tristezas de seus versos, a solidão de seu altar.
By GR

Postagens mais visitadas