segunda-feira, 7 de outubro de 2013

SONHOS E FLORES

Céu rosa, de sonho, de cheiros e cores. 
Céu de flores,  perfumes e senhores
[da noite e de todas as esperanças].
Faz em mim toda a solidão que minha alma consegue viver
[ou fenecer].
Então grito  ao mundo todas as ramas de luz.
Sombras que em mim produz, derrama e dissolve-se.
[Feito agua fresca que se origina do barro]!
Nasce depois roseo  de toda  a dor !
Parte novamente em mil sonhos de perfumes e de flores.
[Rosas].

Eu te ouvi pela manhã  Ouvi sua força e sua fé Manhã de céu azul veludo São tantos pontos Tantos lamentos São sons e dons Em alças de te...