domingo, 27 de outubro de 2013

ATÉ LOGO

Qualquer dia uma voz se cala
Apenas os olhos abertos
Vejo  luzes!
Jamais saberei.

Qualquer dia o dia se vai,
Não haverá tempo para o  adeus,
Não acontecerá um abraço apertado
Apenas o silêncio  do até logo não pronunciado.

Eu te ouvi pela manhã  Ouvi sua força e sua fé Manhã de céu azul veludo São tantos pontos Tantos lamentos São sons e dons Em alças de te...