AMOR EM TABLADOS


Um amigo me disse que existem muitos tipos de amores. Além de amores por seres diferentes, existem os amores por gente em diferentes formas. (Acreditei, mas ando de “orelhas em pé” no caso deste último.)
Uma coisa é certa, existem níveis, ou status de amor. Como se em diversos tablados ficassem os amores em série. Não por categoria, não. Por série. 

Tablado 18: amores por quem morro; Tablado 01: amores por quem sofro; Tablado 5: Amores de quem fujo; e assim por diante.

Não há nenhum mais importante que o outro. E absolutamente nenhum pode ser descartado, retirado da coleção, destacado de seu nicho sem um acordo interno apropriado.  O amor de um tablado pode se mudar para outro tablado, mas nunca vai para o lixo, pois, como li hoje no blog do Viva Gato  http://blogvivagato.blogspot.com.br/, "O amor que você dedica aos outros, seja animal ou humano, é parte de você, você não abandonaria partes suas na primeira dificuldade. Você não mudaria de idéia sobre a sua própria importância. Stella Dalcin",

Esta mensagem portanto vem corroborar minha reflexão: amor é amor de qualquer jeito, só se diferencia por tablados.
Glaucia, 12 de maio de 2013


Postagens mais visitadas