segunda-feira, 19 de maio de 2014

SILÊNCIOS

Os silêncios vão para a dor.
Ou para um recôndito qualquer de minha alma. 
 
Talvez venham para esperança,
Perseverança...
Fazem moradas em minha andanças. 

O silêncios fazem parceria na tolerância,
No cheiro doce do encanto
Em algum canto.

Eu te ouvi pela manhã  Ouvi sua força e sua fé Manhã de céu azul veludo São tantos pontos Tantos lamentos São sons e dons Em alças de te...