ESTACÕES

Uma parte de mim vai-se embora
Outra de mim, sonha e se demora
Uma parte de mim silencia -se
E  a outra, grita e expia
Uma parte de mim serena

Outra entristece e vai-se pra arena.
Que o futuro seja ouro, outro?
Que dirá o sonho,  cumpre-se?

Vida que cresce em traçado continuo,
Balanceado
Feito estações
Em papel fino e amarelado.

Postagens mais visitadas