DIAS CLAROS


Viver é visão de dias claros num (a)manhã de novos amores
Tolerância não é mais que respeito ao SER
Ingenuidade é a Flor do dia à noite ao dia
Paz é alegria injetada na veia de amantes
Criação é produto do amor que Deus inspira
Fome é promessa de vida em vermelho fogo
Travessia é andar de ponta cabeça nas águas do mar
Espetáculo é chorar a calma do passado que urge
Dias de sol para amantes do mundo é limpar as vidraças do coração
Compreensão é a raiz do desejo maduro
Retorno é tornar se em cinzas ou em cor de mel
Vida é respirar as promessas do universo
Magia aponta alegria crente do porvir
Vontade é no verde de meus olhos que brilham no anseio do outro
Samba é corpo por um triz, um chamariz, um movimento em cheio
Expectativa é sonho de alma agarrada ao laço
Saudade é banquete de inocência pronto para revoada
Disposição é vida pulsando em cores e dores
Sabedoria e maturidade consolada em dias chuvosos
Mato é vontade consumida em pimentas e cheiros
Simplicidade é azeite de dendê no corpo da Bahia, agre e doce
Vergonha é filha do desejo ou da luz que teima em brilhar
Hoje é presença e esperança
Amanhã é completude

Nas asas da brisa de domingo tudo pode acontecer. De A a Z, feito criança crescendo, feito bolha de sabão ao vento, feito nuvem em movimento.
By Glaucia Ribeiro

Postagens mais visitadas