ABRAÇO

Vivo em seu riso, sonoro e vibrante
Acordo em um corpo trêmulo de abraço quente.
Caminho pelos lugares secretos de seu silêncio
Estradas e sonhos de noites e de lua  cheia banham me a alma
Tocam os sinos de uma catedral distante...
Encontro seus segredo do peito em olhos lindos e languidos.
Sigo perdido em mim rodopiando e achando me na correnteza de dias sucessivos e prazenteiros.
mai/2017
                     

Postagens mais visitadas